Skip to content

Bebel Gilberto: arrojo e tradição

9 julho, 2008

Bebel Gilberto é como uma filha da bossa nova e bebe nessa fonte desde pequena. (Aos sete anos, fez uma participação especial no álbum “Miúcha”, de sua mãe, e aos nove subiu ao palco do do festival de Jazz do Carnegie Hall em Nova York ao lado do saxofonista Stan Getz.)

Mas diferente de muitos de seus contemporâneos que nasceram em famílias de artistas e acabaram se acomodando em um pedacinho do confortável espaço conquistado pelos pais, Bebel saiu de casa de mala e cuia para construir seu próprio estilo.

 


Isso fica mais claro em Momento, terceiro álbum solo da cantora e compositora lançado em 2007. Bebel desfila com elegância e suavidade pelas trilhas do jazz e da música eletrônica nas 11 faixas, mas sempre retorna às raízes para buscar elementos da música brasileira – especialmente na percussão.

Aqui, selecionamos três canções deste álbum para seu deleite.
A faixa-título, Momento


 
Bring back the love

Os Novos Yorkinos

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: