Skip to content

Sandália na estrada

22 setembro, 2008

A agência Gamboa, especializada em turismo para o público gay feminino, lançou esta semana o primeiro pacote para um destino nacional. A viagem acontece em janeiro, entre os dias 15 e 18, e inclui passeios de barco e cursos de mergulho na Bahia de Paraty.


 

A empresa está no quarto mês de existência e surgiu pela vontade das viajantes de carteirinha Luciana Lemos e Amanda Campagnone transformarem seu hobby em profissão. Elas também queriam costurar as redes de lésbicas do Brasil, com as de outros países. “Quando vamos pra fora do país, as meninas sempre nos perguntam como são as lésbicas no Brasil, como que é o movimento homossexual aqui, pois a divulgação lá fora é ínfima”, afirma Luciana, que deseja que as lésbicas daqui tenham acesso a tudo do gênero que acontece no Brasil e mundo a fora.

A viagem para Paraty é a primeira empreitada em território nacional, mas a dupla já preparou algumas viagens. Uma delas é um tour para conhecer Los Angeles na trilha das beldades de The L Word. “Essa série mudou a história da cena lésbica mundial. Aquelas mulheres serviram de inspiração para milhares de meninas e transformaram a cabeça de pessoas que não tinham a mínima noção do que acontecia em um relacionamento entre duas mulheres”, dizem.

Amanda afirma que meninas de todas as idades têm procurado a agência, mas o tipo de jornada varia de acordo com a faixa etária. “O sonho da viagem não muda muito entre lésbicas e héteros, o que muda mesmo é se estão solteiras ou não”, diz. Isso significa que os casais vão em busca de cantinhos sossegados, com belezas naturais e que possam curtir a duas. Já as solteiras querem festas e lugares que possibilitem o contato com outras meninas.

As sócias garantem que é raro enfrentarem preconceitos dos fornecedores e acreditam que as pessoas do meio turístico vem se conscientizando da existência e do poder aquisitivo do público gls. “Existem alguns casos de hotéis negaram qualquer tipo de parceria conosco, não nos responderam emails, mas aí deixamos pra lá. Tem sempre outra pessoa que está disposta e que tem uma cabeça melhor”, conclui Luciana.

Quando aceitam a parceria, os hotéis, pousadas e outros fornecedores, são avisados do tipo de público que vão receber para não haver confusão. “Se um casal de meninas chega em um hotel, elas não têm que pedir uma cama de casal ou passar por constrangimento”, afirma. 

Para saber mais: www.gamboaviagens.com.br ou 11-3151-4865 / 11-4063-7729

One Comment leave one →
  1. Té Pazzarotto permalink*
    22 setembro, 2008 6:56 pm

    tenho que entrar em contato com elas =p

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: