Skip to content

O belo e a beleza!

28 outubro, 2008

Estava eu, passeando pelo mundo quase infinito de blogs e, obviamente, fui olhar o da querida Queer Girls.
Eis que me deparo com um ensaio fotográfico, que ela havia encontrado no Blog de Dorothy Snarker, pra lá de lindo de duas atrizes belíssimas e brilhantes: Cate Blanchett e Tilda Swinton.

“Eu amo uma mulher em um terno. Ocasionalmente. Por tempo integral. Eu também amo Cate Blanchett e Tilda Swinton. Ocasionalmente. Por tempo integral. Mas depois disso, as coisas ficam complicadas. Veja, Cate e Tilda têm este hábito delicioso de posar em ternos. Muitos e muitos ternos. E, para ser perfeitamente honesta, não posso decidir qual delas prefiro mais em um terno. Elas são ambas vencedoras de Oscar. Elas são ambas camaleoas cinemáticas. Elas são ambas sensuais. Oh, que angústia. Entretanto, eu decidi, por quê escolher? Por que se por nesta tortura desnecessária quando posso ter um pouco de ambas, juntas, com tudo que vestiram e que vai além do gênero. Dobre seu prazer, dobre sua diversão.”

A discussão ou reflexão sugerida a seguir, claro, não é sobre a orientação sexual das atrizes, mas sim sobre essa maleabilidade do gênero, a chamada androginia, apreciada por uns, depreciada por outros.

O ensaio:

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Eu sei, eu sei, eu sei!

Cada um com seu cada qual, com seus gostos pessoais e peculiaridades!
Podem até cantar aquela música “quase” infame: “ado, ado, ado cada um no seu quadrado”!

Fato é que respeito é bom e todo mundo gosta, então, aproveitando essa deixa maravilhosa, que tal pararmos pra pensar um pouco no “preconceito” que existe dentro do nosso meio.

Gays, lésbicas etc. que exigem respeito, mas que não respeitam outros homossexuais, bissexuais(…) só por terem um comportamento/estilo/o que for diferente…

Como esperar e/ou exigir que o preconceito “no mundo” acabe, quando nós mesmos não acabamos com o nosso?

Quero deixar vocês com uma última pergunta:

Quero saber se o cara deixa de ser gay por parecer mais macho, ou se a guria vai ser mais ou menos lésbica se for mais ou menos feminina ou masculina?

__

Leia também: Nem igual, nem normal, ser diferente é natural

____

http://blogs.abril.com.br/queergirls

http://dorothysurrenders.blogspot.com/index.html

5 Comentários leave one →
  1. Mah permalink
    28 outubro, 2008 8:29 pm

    Adorei as fotos x_x…

    E como diria meu irmão…respeito é bom e preserva os dentes…xD

  2. Kellen permalink
    29 outubro, 2008 9:15 am

    Adorei Té!!!
    Tem tda razão….preconceito não tá com nada!!!
    bjs
    *.*

  3. Tati permalink
    29 outubro, 2008 9:27 am

    Adorei as fotos, adorei a discussão

    eu msm sou um pouco mais masculina, com dias totalmente femininos.. aprecio e uso o terno…
    Mas tbm acho lindo meninas super femininas!

    A beleza está dentro de cada um, devemos saber apreciar isso…

    E preconceito.. aff.. chega né! Viva a diversidade!!!

    Um bjo!

  4. Greenie permalink
    29 outubro, 2008 10:47 pm

    “Como esperar e/ou exigir que o preconceito ‘no mundo’ acabe, quando nós mesmos não acabamos com o nosso?”

    Básico, né? Temos que trabalhar nisso!
    E as fotos estão lindas! ^^

    Beijão!

    P.S.: Quando lembro de meninas usando terno, sempre lembro da Annie Lennox no clipe da Sweet Dreams… *.*

  5. 30 outubro, 2008 11:33 am

    Amei o ensaio, é cheio de poesia =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: