Skip to content

Té pelo avesso

8 novembro, 2008

 

.

1) Já que a idéia do No divã é fazer você deitar e relaxar… Você está devidamente relaxada antes de começarmos? Não, porque se precisar de ajuda… Brincadeira…

Preciso… Quando você vier pra cá de novo, vou cobrar uma massagem!

.

2) Você passa a impressão de ser uma pessoa absolutamente provocante. Não falo somente em termos sexuais ou eróticos, mas também com relação aos aspectos intelectuais… Pode-se dizer que do afetivo, passando para o excitante e chegando ao intelectivo, você é uma pessoa que tem a provocação como definição e resposta?

Que bom que você tem essa impressão da minha pessoa! Como definição não, como resposta para certas situações sim. A provocação, em seus diferentes aspectos, permite uma maior maleabilidade, uma maior adaptação e uma troca.

.

3) Certa vez, você disse – sempre com seu modo marcante – uma frase da Virginia Woolf:  “Não se pode ter paz evitando a vida.” Afinal, Té, para você, a vida tem que ser encarada de frente? Como você lida com a fugacidade dos instantes?

Bem, é olhando pra frente que se pode  tentar saber para onde se esta indo. Não acho que instantes sejam fugazes… Eles até o são se vividos por pessoas tão fugazes quanto os instantes que vivem.
Os que me interessam, são marcantes e estão bem guardados dentro da minha cabeça!
Minha namorada costuma dizer que tenho uma memória ótima!

.

4) Poucas coisas incomodam tanto você como a injustiça. Você se considera uma pessoa idealista ou acredita que a propagação das idéias é um pressuposto lógico das ações?

Nada sobrevive apenas com idéias, sabe aquela coisa de que sonho que se sonha só é só um sonho?! Pois…
Mas também acho que ações sem essência se perdem em seu vazio.
Não me considero idealista porque não tenho o devaneio utópico de mudar e salvar o mundo, apesar de ter muita vontade de ajudá-lo.

.

5) Você escreve uma coluna de sexo e, como tal, provoca uma curiosidade absurda sobre como vivencia sua sexualidade entre quatro paredes ou fora delas (nunca se sabe rs).  O que você, nossa sexperté, considera inadmissível na cama? Existem limites para se chegar ao gozo perfeito?

Mau-humor na cama é péssimo. Querer apenas um sexo pra dar uma gozadinha como se fosse obrigação também… Se é pra ser assim, masturbe-se… Vá no banheiro e bata uma.
Limites? Jamais!

.

6) Já que fantasiar é indispensável para se conhecer e reconhecer o sexo nas suas múltiplas dimensões, quais fantasias você já chegou a vivenciar que até hoje ainda se pergunta como teve coragem?

Só tem uma coisa que me pergunto como tive coragem, mas o que fiz estava longe de ser uma fantasia…
Bem… Foi começar a masturbar minha namorada da época dentro do ônibus… Cheio! rs

.

7) Uma das características mais marcantes em você e pela qual certamente tem reconhecimento aonde for é o humor cáustico e inteligente que assinala seus comentários. Até seu mau humor acaba gerando boas piadas. De onde vem essa capacidade de atribuir humor às situações mais inimagináveis?

De onde vem não faço a menor idéia, talvez tenha “aprendido”, depois de muitas reflexões sobre a vida chegando a conclusão de que, se algo está ruim, vamos pelo menos rir… rs

.

8 ) Quais elementos você reputa indispensáveis para viver um grande amor? Você crê no amor como uma possibilidade real? Afinal, como você sente/pensa/descortina e encara o amor entre duas pessoas?

Respeito e desejo… Se você respeita e ama alguém, provavelmente essa pessoa será uma grande amiga, se você deseja e ama, ou acha que ama, mas não respeita, provavelmente esse relacionamento vai ser uma confusão. Falei o “acha que ama”, porque, pra mim, respeito e amor andam juntos!

Creio no amor como possibilidade real, sim. Nem tudo que foi criado ou modificado culturalmente deixa de ser real só pelo fato de não ser um fenômeno da natureza… Se bem que dizem que o amor é um fenômeno químico do ser humano…rs

Atualmente eu sinto o amor de forma branda, o penso de forma branda e o descortino devagar para que dure uma vida inteira. Uma vez conversando com minha namorada ela disse que tudo com ela era muito intenso, vivido até a exaustão, eu falei que a intensidade até a exaustão leva ao fim das coisas e que poderíamos viver intensamente sem nos consumirmos… E que as coisas não se conservam só por serem intensas.

..

9) Você tem desejo de constituir família com direito a filhos e casinha de cerca branca com cachorro correndo no jardim ou essa idéia não se faz recorrente para você?

Não só desejo como planejamos bem isso… Mesmo com desentendimentos vez ou outra, temos e reforçamos o laço que possuímos mais a cada dia. Ela tem um caráter tão sólido e tanto amor pra dar que o medo do desafio de criar um filho e formar uma família desapareceu. Agora é só esperar, casar, curtir um pouco o casamento e adotar um molequinho… Daí compramos o Wall-e =)

.

10) Considerando a falibilidade humana como uma realidade, quais sapos você já teve que engolir em relacionamentos e quais não engoliria mais de modo algum nem se preparados pelo melhor chef do seu restaurante predileto?

O meu relacionamento anterior foi um cortejo de horrores com direito ao sinfonia de sapos! Não tolero mais ser destratada, falta de respeito, falta de consideração etc… Relacionamento é pra ser algo prazeroso, mesmo que tenha seus contratempos e suas dores, estas, pra mim, não devem ser uma constante, senão é melhor ficar solteira… Pelo menos não tem dor de cabeça!

 .

11) Como você se sente com o excesso de visibilidade que as idéias fúteis têm nos dias de hoje?

Sinto que grandes pensadores dão graças a Deus por estarem mortos e terem nascido em outra época… rs
.

12) Descobrir-se lésbica foi para você…

Normal! Tive medo da reação da minha mãe quando descobrisse, mas internamente sempre foi super tranquilo…

.

13) Você se considera uma namorada ciumenta? Como você já administrou os ciúmes e como administra hoje em sua vida?

Atualmente não. Quando eu era ciumenta eu não administrava meus ciúmes eu só não era de dar escândalo, mas sempre fui de ligar, de questionar, investigar, ter senhas de orkut, e-mail, msn o que fosse… Mas aconteceu de eu me cansar disso… Liguei o foda-se e hoje estou feliz. Já dou tanto trabalho pra mim mesma… rs
Hoje eu deixo a pessoa livre, se ela está comigo é porque quer…

.

14) Quais são as coisas mais importantes na sua vida,Té?

Minha Vó sempre foi a coisa mais importante da minha vida! Depois dela vem minha profissão e meu relacionamento atual, minha paixão pelas artes, meus planos para o futuro. A chuva, o vento e a madrugada!

.

15) Como você se auto-analisa?

Isso parece um: quem sou eu…
Vejamos…

Não sou radical, mas sou ‘extremista’ (lê-se: extremista =  não gosto de neutralidades).  Isso não significa que eu tenha uma visão unilateral, mas também não sou maniqueísta.

Sempre quero aprender, apesar de muitas vezes achar que “já sei”. Aprendi a respeitar o tempo de cada um, e sua individualidade. Tento entender que nem tudo precisa ter um motivo.

Adoro o mundo chamado: Imaginação, mas não o troco pela realidade…

Sou ponderada, procuro ser justa, busco equilíbrio. Sou impulsiva, às vezes ríspida, um espírito livre que gosta de fazer as coisas de maneira própria e de ser a primeira, dentro do possível.
Levo meus sentimentos muito a sério, demonstro o que sinto, mas preciso de amor e afeto também, e, acima de tudo, dessa certeza.
É difícil, pra mim, desenvolver a paciência e a tolerância, dou aos outros tempo e espaço bastante para encontrarem suas próprias respostas, preciso da solidão como forma de me recarregar, pareço ser mimada demais, mudo de interesse com extrema facilidade, sei exatamente o que desejo, sempre (!); e do que sou ou não capaz.
Quanto ao sexo… Bem, a expressão sexual, pra mim, já foi um meio de comunicação tão profundo que o sexo realizado com o propósito de liberação física era simplesmente incompreensível. Entretanto, relaxar é preciso… rs
Mergulho em tudo muito profundamente!
Parte de mim está sempre distante, inacessível para os outros.
Perco-me facilmente no mundo dos sonhos e quando escrevo, transporto-me para aquela realidade.

Mesmo com tudo isso, o meu eu depende. Depende de quem é você e do que você quer comigo… De que sentimento desperta em mim e qual sentimento desperto em você.

Pra não gostar de mim, é fácil. Basta achar que me conhece, ou, de certa forma, me conhecer. A minha primeira impressão, geralmente, não é a mais agradável… rs
Pra eu não gostar de alguém também é fácil, mas preciso de motivos! Pra não simpatizar basta parecer potencialmente perigoso, mas podem tentar mudar minha impressão.
Às vezes, sou como um ‘bicho’, pra me manter vivo prefiro não me arriscar sem necessidade.
Não sou covarde, sou prudente. Arrisco quando me interessa e não quando interesso.

Um extremo de lá, um extremo de cá, e, talvez, um pouco de meio-termo… Chama-se bom senso. 
Agressiva, ignorante, arrogante? Quem sabe…
Prefiro crer que acredito no que falo, que sigo minhas palavras assim como elas me seguem, e que defendo meus pensamentos com paixão. Mas admito, por vezes, exagero.
Tenho meus princípios, uma personalidade forte e um gênio “impossível”! Eu sei que sou difícil, mas sou exatamente como quero ser, e gosto de ser assim.! Meus defeitos me agradam, e só consigo mudar algo em mim quando este algo me incomoda, do contrário é complicado, pra não dizer impossível.
Apesar disso tudo, não vivo de hostilidade, mas não consigo falar sobre minhas qualidades.

Enfim, a vida, pra mim, é cheia de alegria, e pode continuar sendo.Não evitando a dor, mas aceitando-a.

.
 
16) Como seria Té de A a T? Como cada palavra dessa pode ser resumida para você?
.
Amor: essencial
Beleza: o belo
Cozinhar: por prazer
Dinheiro: satisfação
Esforço: preguiça!
Futebol: São Paulo!
Governo: Ilusão
Homofobia: burrice
Impaciência: normal em mim
Justiça: Cega
Lésbica: Eu
Mulheres: As que mais amei
Nudez: Fotografo
Orgasmo: Adoro ter, amo ouvir
Política: Nem tudo q se inventa para o bem, é usado para o bem
Questionamentos: Sempre presentes, sempre com respostas internas
Respeito: a quem se dá ao respeito
Sexo: feminino na cama ou em qualquer lugar
Tesão: apelido!
.
 

 

17) É difícil atingir em cheio o coração de Té? Aliás, o coração de Té anda cheio?

E como é difícil, minha namorada que o diga…
Ele está cheio sim. Ela preencheu o espaço dela dentro do meu coraçãozinho… rs. Mas o mais importante é que ela continua me conquistando…

.

18) Se você pudesse elencar os pilares fundamentais de uma vida feliz, quais você enumeraria?

Saúde, paz, amor e dinheiro! rs

.

19) Como você lida com os momentos de solidão? Eles são necessários ou incomodam você?

Amo minha própria companhia, converso comigo mesma durante horas, e, sim, preciso desse tempo e desse espaço.

.

20) Foi bom sentar no meu divã?

Seria melhor sentar em outro lugar… rs

9 Comentários leave one →
  1. star65 permalink
    9 novembro, 2008 5:07 pm

    Sinto-me honrada por poder conhecer um pouco mais a Té….uma pessoa, no mínimo, instigante…

  2. 10 novembro, 2008 4:36 pm

    Sentar em outro lugar? Que saliente! rs

    Dependendo do lugar… Claro!

    Certamente, um prazer conhecer sempre mais um pouco de você!

    =]]]]]]

  3. Cláudia permalink
    10 novembro, 2008 9:24 pm

    Muito bom mesmo, poucas pessoas se descrevem tão bem como você, Tesinha!

    :***

  4. Té Pazzarotto permalink*
    10 novembro, 2008 9:37 pm

    Não é nem a ponta do iceberg…rs
    Valeu pessoas =pp

  5. Amanda Andrade permalink
    11 novembro, 2008 4:33 pm

    “…Um extremo de lá, um extremo de cá…”

    é impossível definir a Té… sempre vai ficar faltando alguma coisinha… um detalhe… uma palavra…. mas, algo é certo… ela é extremamente cativante… interessante…. apaixonante… (ta certo q é do seu modo… sua forma diferente de demonstrar as coisas, até pq se fosse comum, não seria a Té. Pq comum é a única coisa q ela ñ é! rs) mas… adorooo esta pessoa de vdd… a cada dia descubro coisas novas e nada muda… continuo gostando bagarái dela… continuo querendo q ela seja mto feliz…rsrs principalmente hj, estando ela “No Divã”… adorei conhecer um pouco mais de Té by Té! rs

    :*****

    • 10 agosto, 2013 2:25 pm

      2013 e a amizade continua <3!

      • Amanda Andrade permalink
        10 agosto, 2013 6:53 pm

        e continua muito!! Mora no meu coração para sempre! certamente uma das melhores coisas daquele ano e que dura até hoje! O presente de sua amizade! ❤

      • 10 agosto, 2013 11:08 pm

        Ownnnn pessoa que quero ver! Vou aí no Rio te dar um abraço se não for em Floripa comigo!

  6. Bruna permalink
    11 novembro, 2008 4:43 pm

    …A minha primeira impressão, geralmente, não é a mais agradável… rs….kkk

    Ainda bem q logo passa a primeira impressao neh!!!

    Poucas pessoas se descrevem tão bem como você Tézinha. ((2))

    Bj.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: