Skip to content

Cores e Ano Novo

31 dezembro, 2008

revs

Desde a primeira vez que li esse texto que penso em publicá-lo aqui em um momento como este: a virada de um ano para outro.

Você pode até dizer que não liga para a data, mas quando vê todos empolgados, quando começa aquele barulho 00h, você sente, mais uma vez, que o tempo passou.

Veja bem, meu bem. Essa é uma sensação que não pode ser ignorada.

O texto a seguir serve para você, pessoa cética, e para você, pessoa com “fé”…rs
Obviamente, que por motivos diferentes…

Feliz Ano Novo para todas, todos e etc!

Um belo 2009 pra gente!!!

.

.

As cores para o Reveillon

Almanach del Doctor Tiagón, edissão espessial. Inclue esquette infáme & cd-rão com exemplos interactivos
 
 
— Vamo lá, pessoal! Como entrar no âno nôvo munito e nustrink, usando os ensinamento do Sheng Fui. As cor da moda, as cor que dá azar, tem calcinha bicolor! Tem spray de neve pro cabelo, tem canga de Bali, tem chapinha tailandesa com leiseres! Tem sandalinha do Sanguejúnior e tênis da Ike! & Tina Turner! Tem-
— Olha a chuva! Olha a chuva! Largô! Azula!
— Ih, os hômi! Ih, as fiscalização! Segura os produto aí Sheng, que eu fui! (drum roll)
— Caraio. Chinês sempre se fode, nô?

*ahem*

TODOS LOS ANOS é a mesma coisa. Você fica naquela dúvida: com que cor entrar no ano nôuvo que se aprochega? Você pensa em usar bege, mas acha meio mortinho. Hesita em verde, mas acha que traz mau-olhado. Cogita o vermelho, mas acha que vai ficar muito chiranha. Aí usa branco, como sempre, como todo mundo; afinal, ninguém erra usando branco no Reveillon. Bonito de ver, aquela massa saudando Iemanjá. Olhando de cima parece um manjar branco, tremulando.

MAS AFINAL esta é uma decisão bastante séria, que vai pesar sob sua cabeça como uma foice o resto do ano. Tão importante quanto guardar 77 lentilhas dentro de 7 uvas e comer 6 nuggets de porco enquanto salta sobre 66 ondas, é respeitar o espectro cromático das energias que se somam durante esse momento único a cada ano. Bem, na verdade, ele se repete, por causa do horário de verão. E tem o desvio aquele de 4 segundos por ano, é isso? Bem, vocês entenderam. Pelo menos é importante pra ter o que comentar no trabalho, dia seguinte. Por favor, descrevam apenas suas calcinhas.

NOVES FORA a virada do ano é um momento catárctico, pois a chegada do novo ciclo é aguardada com ansiedade. Todos os sonhos e desejos de renovação são transferidos para o ano que chega. Há o desejo do novo, da alvíssara, do porvir venturoso. E as cores usadas no momento exato da passagem influenciam nos próximos 365 dias, ditando destinos financeiros, profissionais e amorosos. Duvida? Vai arriscar? Ah, eu sabia. E espero que aquele hematoma na sua perna desapareça logo, porque todo mundo sabe que o roxo é a cor do Maldito, e se você entrar o ano novo assim todos os seus pentelhos vão cair. Mas só na hora em que você passar pela frente de um McGonalds.

COMBINANDO CORES, FAZENDO AMIGOS E PROTEGENDO LA NATURESSA
Diretrizes básicas para ser feliz e se dar bem usando superstições cromáticas. Porque fé, afinal, é de graça – a não ser que pague dízimo pro bispo
 
 Tenha em mente que não basta usar as cores adequadas. Não existe um “certo” e um “errado” em cores; afinal, é o Amarelo mau por si mesmo ou foi contaminado pelo agente laranja? Há no Azul glória intrínseca e no Vermelho um desespero pungente? Existe uma Verdade? Quem é o homem na terceira base? Tudo isso você pode descobrir usando as cores corretas, eu acho. Eu marco tudo na letra “C”, mesmo, e foda-se.

 BRANCO:
Um clássico. Branco é a cor do novo, mas só quando é zero bala. Porque branco usado fica aquela coisa meio encardida. E Encardido é a cor da depressão e da angústia. Tem certeza que tá bem branco isso aí? Branco sugere pureza, ordem, calidez, imácula… é isso mesmo o que você quer? Que tal fazer sexo no ano que vem, só pra variar, hein? Portanto, o melhor uso de Branco é numa calcinha nova. Pequeninha. De renda. Me liga. Nham.

PRETO:
Um clássico. Não dá pra errar usando Preto; afinal, todo mundo já ouviu a expressão “pretinho básico”. Como o reveillon não tem nada de básico e é uma data extravagante, vão pensar que você é pobre. Além disso, Preto transmite sobriedade, seriedade, distinção e elegância – tudo o que você vai perder quando arrombar a geladeira dos donos da casa à procura de mais trago. Preto, por não refletir cor alguma, tem a vantagem de não absorver os pigmentos das bebidas que você derramar sobre o corpo.

CINZA/GELO:
Outro clássico, mas dos anos 20. É a cor preferida dos que preferem passar o ano novo em casa, vendo a Missa do Galo e bebendo catuaba com raticida. Cinza traz tristeza, indecisão, ácaros, aranhas, pigarro, poeira e ferrugem. Contudo, combinar Cinza com cores vivas, como Laranjão ou Telha, é indicado para conseguir empregos na bolsa de valores ou casas de câmbio clandestinas – dependendo do tom empregado. Fale com sua consultora Pantone.

VERMELHO:
Mais um clássico. Vermelho é estimulante, cheio de vida e agitação; é pelo menos uma promessa de vida no seu coração – que na virada do ano estará bombeando sangue feito louco, para manter o fígado e os rins trabalhando na filtragem de toda a cidra que você bebeu. Essa cor é indicada para solteironas: um vestido longo vermelho sobre um collant vermelho com um xale vermelho com penas vermelhas por cima de tudo catalisa as atenções do Ano Novo para você, além de sugar a energia vital dos outros convidados por perto e desequilibrar o lençol espaço-temporal. Atenção: Vermelho pode trazer problemas, rancor e tristeza para torcedores de futebol. Mas não se preocupe: ano que vem, ano que vem.

LIMA-LIMÃO:
Também conhecido como Verde, só que em versão moderna, com zero calorias e zero pontos. É uma cor antisséptica, que leva consigo harmonia e equilíbrio, e presta homenagem ao que a Mãe Natureza já foi um dia – ou pelo menos antes de você apagar o cigarro dentro da orquídea da mãe da anfitriã. É a cor dos ecologistas e dos hippies. Logo, do Gabeira. Entre 2006 numa sunguinha de crochê verde e espere as eleições. Ou deixe que 2006 entre em você.

TUTTI FRUTI/ FRUTAS TROPICAIS/ FRUTAS VERMELHAS
Da nova safra vanguardista de cores híbridas. Esteja sintonizado com o novo millenium e entre 2006 usando uma combinação esperta de sabores radicais, que vão deixá-lo na crista da onda, mesmo que você não surfe. Use roupas isotônicas ou simplesmente jogue uma dúzia de Gatorade em cores variadas sobre um lençol branco, recorte um buraco pra cabeça e vista como um poncho. Os outros convidados não vão entender nada, o que significa que você é cool. Mas tome cuidado, porque cool de bêbado…

LARANJA:
Esse sim, um clássico da seção de hortifrútis. É a cor das pessoas expansivas e gritonas, que geralmente usam tons também berrantes para confundir o interlocutor em pelo menos dois dos cinco sentidos ao mesmo tempo. Pelo mesmo motivo, é procurada por corretores de seguros e picaretas de carro. É também a cor dos aventureiros, dos entusiasmados e dos que gostam de rir e fazer rir. Principalmente se você estiver usando aquelas calças de paraquedista que eram moda nos anos 80. Escolha Laranja se você quiser um ano novo com mais paixão, alegria ou vitamina C.

MARROM:
Marrom lembra ferrugem e vasos sanitários de baixo contraste, mas também chocolate e café. Sugere segurança e solidez, mas também pânico de faltar papel no banheiro. E nem sempre é tão sólido, né? Tipo, tem certeza que quer entrar qualquer coisa – quiçá o ano – usando Marrão? Como esta cor é uma mistura de preto e vermelho, você vai lembrar um gambá que bebe Campari. Pessoas que entram o ano de Marrom envelhecem 2.3 vezes mais rápido do que usuários de outras cores. Indicado para entediados em geral.

AZUL:
É o clássico da espiritualidade, da santidade, da religiosidade, da ordem. Ou seja, nada a ver com o quebra-quebra na saída da Geral do Grêmio. Essa cor, conforme a cromoterapia, serve para a limpeza da aura: portanto, não se preocupe em entrar 2006 de Azul. Deixe para usá-lo durante o resto do ano todo. Tem muito o que limpar ai, misifio.

ROSA:
A cor do romance e dos tímidos. Rosa é mistura de vermelho com branco: simboliza a instrospecção da sensualidade. Começa com tesão, depois vai dando um frio, uma tristeza… Você usa Rosa e vai desaparecendo gradualmente. Desbotando. Entrar 2006 com Rosa é indicado para quem quer desfolhar no outono.

FÚCSIA:
É a cor de quem anda usando muito o Outlook Express. Entrar o ano novo de Fúcsia atrai animais peçonhentos e lesões por esforço repetitivo.

AZUL LISTRADO COM BRANCO E COLARINHO FECHADO:
Mas você precisa ser tão nerd assim o tempo todo? Quer passar outro ano atendendo no suporte técnico, quer? E não, uma boina não fará de você um marinheiro. Agora devolve a minha caneta. Minha!

AMARELO:
Uma cor associada ao Sol, seu maldito egocêntrico. As pessoas não vão entender o que é que tanto brilha na sala, até que vão tentar apagar você na base da pancada. E tire esses óculos escuros! Apesar disso, Amarelo atrai otimismo e energia, pois é a cor da cerveja – entre 2006 assim para que não ela lhe falte no ano que chega. Por outro lado, Amarelo também é a cor da hepatite, o que pode causar mal-estar involuntário com aquela sua tia que anda comendo três quilos de cenoura por dia “pra melanina pegar melhor o bronzeado”.

TURQUESA:
É uma cor imatura: uns vão dizer que é Azul, outros que é Verde. A família fica confusa. Você não arranja namorada há anos, e agora isso? Entrar 2006 de turquesa vai fazer com que suas primas lhe convidem para retocar a maquiagem e você perca sua parte na herança do vovô.

PADRONAGENS TIPO PATCHWORK:
Entrar o ano usando uma roupa feita pela mamãe (ou avó), que mais parece uma colcha de retalhos, é indicado para maridos traídos que desejam ficar em paz na sarjeta ao final da festa – e, quiçá, do ano. Combine com um chapéu para um efeito maior. Qualquer um serve.

AZUL-BEBÊ, AMARELO-BANANA, VERDE-MUSGO, AMEIXA-ACINZENTADO:
Se você precisa de duas palavras para descrever a cor da sua roupa, bicho, é porque a sua vida tá um tédio do cacete, vai dizer? Entrar o ano com uma cor de nome composto faz com que todos os seus carnets de prestação resetem, e você vai ter que pagar tudo de novo.

ESTAMPAS FLORAIS:
Indicado para turistas japoneses, vendedores de ukelele havaianos e garotas de espírito jovial. Um clássico dos anos 60, da contracultura e do amor livre. Ei, você vem sempre por aqui? Não, não você, seu japa. Tô falando é com ela!

.

Bonnus Diccas: Acêrca de Pessas do Vestohário

Você pode entrar o ano novo de gravata, desde que ela não esteja no pescoço. Use quantas gravatas quiser e pendure-as onde bem entender, mas não no pescoço. Por sorte a vida tem mais humor do que você, seu infeliz.

• Chinelas abertas são indicadas para quem deseja morar no litoral no ano que chega. Para descobrir qual é a praia que está no seu destino, divida a cor da sua havaiana genérica por 2, multiplique pela primeira letra do seu nome e escreva o resultado numa folha de coqueiro. Enterre a folha na praia em que você quer morar e então fique aí pra sempre. Funciona!

• Bermudas são excelentes escolhas para quem vai passar o reveillon perto do mar. Ou de lagos ou rios. Ou piscinas. Ou bacias cheias de clericô. Ou tigelas de ponche. Ou canecões de cerveja. Ahhh. Molhe as pernas.

• Não se preocupe com roupa íntima. Se o seu reveillon for um sucesso, você nem vai lembrar onde deixou a bendita calcinha amarela. Se quiser recuperá-la, no outro dia, procure dentro do peru. Não pergunte. E é melhor usar uma pinça e uma luva cirúrgica pra pegar ela de volta.

• Passar o reveillon usando apenas uma capa de chuva transparente faz com que você seja desatomizado na hora.

• O recorde de Número Máximo de Cores Simultâneas Num Reveillon foi obtido pelo Sr. João Zunga, que em 2003 passou a virada do ano dentro de uma máquina misturadora de tintas. No ano seguinte ele teve sucesso no trabalho, casou com uma modelo tcheca, acertou na loteria, deu a luz à três bodes e explodiu.

 

Fonte:  http://www.verbeat.org/blogs/bereteando/2005/12/as-cores-para-o.html

4 Comentários leave one →
  1. Alexandre permalink
    31 dezembro, 2008 6:04 pm

    Eu gostei foi da mensagem de ano novo da cervejaria Devassa. A sugestão é passar o Reveion sem calcinha/cueca nenhuma (muito melhor que ter que escolher a cor) e deseja aos ouvintes um 2009 cheio de Tesão. Afinal, paz e prosperidade todo mundo já deseja, né?

    A mensagem é cheia de segundas intenções. Já procurei na internet mas não achei.

  2. Diamante Negro permalink
    1 janeiro, 2009 8:35 pm

    Ah, eu já tive antes a oportunidade de conhecer esse texto, afinal, uma menina mais do que especial para mim, já tinha me apresentado este texto, aliás, lido para mim…e a voz dela é linda… =P

    Feliz 2009! =)

  3. 2 janeiro, 2009 1:55 am

    Oi vi seu blog no best blog brazil!
    Adorei voltarei sempre!
    Tenho um blog d eemagrecimento, qd tiver um tempo aparece!

    Amei o que vc escreveu sobre o Orlandinho sabe?! Cara eu tava falando justamente isso pro meu marido, tem coisas que a novela meio que “coloca na cabeça do povo sem o povo perceber” e vou além, a coitada da Dedina, traiu duas vezes o marido, não estou defendendo traição não, mas será que merecia ter opções tão tragicas de final: virar mendiga vagando pelas ruas, ou ir trabalhar de empregada do Elias ou Trabalhar num bordel… ah me poupe não tô aqui falando de novela mas dos valores, muita loucura isso…

    Eu tenho uma filha e sinceramente não é esse mundo que eu quero mostrar a ela!

  4. Márcia Freitas permalink
    9 janeiro, 2009 10:51 am

    Gente
    por favor me enviem o texto da Devassa que estava rolando na MPB FM, é perfeito.
    Estou prourando tambem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: