Skip to content

PLC 122 e Serra.

27 outubro, 2010

Um dos assuntos mais conversados entre homossexuais quando o tema é política, provavelmente é sobre a lei contra a homofobia.

Sobre qual presidente seria melhor para “a nossa causa”, recebi muitos e-mails, dos mais diversos. E ontem num post sobre a eleição, apesar de ter minha opinião, procurei manter certa imparcialidade.

Porém, entretanto, contudo, todavia, esse blog sempre buscou produzir/disseminar conteúdos relevantes, por isso não poderia deixar de compartilhar uma notícia de hoje do site Terra:

PR: Serra diz a pastores que vetará lei contra homofobia

O candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, disse a pastores evangélicos em Foz do Iguaçu que não sancionará o projeto de lei que tramita no Congresso que considera crime qualquer ato de discriminação aos homossexuais. Serra disse que o texto interfere na liberdade religiosa, já que muitas congregações pregam contra a homossexualidade. “Não aprovarei esse projeto do jeito que está”, disse, seguido de aplausos dos pastores.

“O projeto do jeito que está não pode ser aprovado, porque ele passa a perseguir igrejas que têm posições a respeito do homossexualismo, de que deve ser evitado, enfim, da pregação de seus fiéis”, justificou. A afirmação foi feita durante reunião com os pastores que participam da 50ª Convenção de Pastores da Assembleia de Deus do Paraná, mas não foi repetida na entrevista concedida pelo tucano.

Questionado como barraria o projeto sem ter maioria no Congresso, Serra disse que poderia recorrer ao poder do veto, mas discordou de que não terá maioria. “Essa questão de maioria eles estão falando muito, apresentando como um fator, no caso a candidata Dilma, de ter a maioria no congresso e eu não. Isso não é fato. Eu conheço bem o congresso e posso dizer que nós vamos ter maioria, porque os partidos não são homogêneos e, segundo, tem o veto, que para ser derrubado, precisa de um quociente muito mais elevado que o de aprovação de uma lei”, afirmou.

No mesmo evento com os pastores, Serra criticou o Plano Nacional de Direitos Humanos 3, por “pregar o desrespeito à propriedade privada, o controle da imprensa e a criminalização de quem é contra o aborto”.

Ao ganhar um exemplar da Bíblia Sagrada das mãos do pastor, Serra citou um trecho, no qual Deus aparece para Salomão. Segundo o candidato, ele tem “lembrado muito disso ao longo dessa campanha”. No trecho, Deus aparece a Salomão, assim que ele se tornou rei, e disse a ele que pedisse qualquer coisa que quisesse que Ele daria. Salomão pediu sabedoria e conhecimento para poder governar. Em resposta, Deus disse a ele que, por ter pedido sabedoria e conhecimento, ele lhe daria riquezas, e honra “qual nenhum rei antes de ti teve e nenhum depois de ti terá”.

Aproveitando-se da passagem da Bíblia, Serra pediu aos ouvintes da plateia que pedissem por ele a Deus os pedidos de Salomão. “O que eu quero pedir aos meus irmãos e irmãs aqui hoje é que pedissem a Deus por mim. Que ele me dê sabedoria e conhecimento”, disse o candidato.

fonte: http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4757462-EI15315,00-PR+Serra+diz+a+pastores+que+vetara+lei+contra+homofobia.html

(grifo nosso)

____

Só para esclarecer brevemente: a lei não proíbe culto, ela é contra a homofobia e não um regulamento para coibir/coagir o pensamento, a vontade, ou a liberdade de expressão. Ela visa tornar crime qualquer tipo de violência e não a opinião!

17 Comentários leave one →
  1. 27 outubro, 2010 5:57 pm

    Valeu pela matéria Ellen =)

  2. Ana Laura permalink
    27 outubro, 2010 6:45 pm

    Isso é um absurdo! Como as coisas são distorcidas, nunca vi. Não sou muito fã da Dilma, mas vou pelo menos pior e com a expectativa de q ela irá seguir a linha do Lula.

  3. 27 outubro, 2010 7:56 pm

    dos males o menor, parece que o #Serrojas não tem muita chance de ser eleito, hã??

  4. 27 outubro, 2010 8:32 pm

    Eu vi essa matéria hoje de manhã… Sem palavras!

    • 27 outubro, 2010 9:14 pm

      Daqui a pouco, vão a praça gritar: “quem tem mais, quem tem mais”; e aí, quem tiver a maioria, leva um “presidente” pra “casa”.

    • 28 outubro, 2010 1:53 pm

      … e as minhas palavras não seriam doces
      Sinto que ele – Serra – não leu o projeto de lei.

  5. 27 outubro, 2010 9:06 pm

    😉 🙂


    A verdade é que a cada dia que passa a nossa Constituição parece uma piada.
    Nada funciona aqui.
    Eu não gosto de discutir política, mas esse email não pude deixar de encaminhar.

    [Recebi recentemente um levantamento feito pelo Grupo Gay da Bahia, que foi publicado em 2003 com o título: “Matei, porque odeio gay” que mostra o pior do ser humano no quesito violência, intolerância, preconceito. Comecei a ler no trabalho e parei.
    Eu chorei. De vergonha.

    “Época triste a nossa, onde é mais fácil quebrar um átomo do que o preconceito!” (A.Einstein)

  6. 27 outubro, 2010 9:13 pm

    😉 🙂


    A verdade é que a cada dia que passa a nossa Constituição parece uma piada.
    Nada funciona aqui.
    Eu não gosto de discutir política, mas esse email não pude deixar de encaminhar.

    [Recebi recentemente um levantamento feito pelo Grupo Gay da Bahia, que foi publicado em 2003 com o título: “Matei, porque odeio gay” que mostra o pior do ser humano no quesito violência, intolerância, preconceito. Comecei a ler no trabalho e parei.
    Eu chorei. De vergonha, tristeza.

    “Época triste a nossa, onde é mais fácil quebrar um átomo do que o preconceito!” (A.Einstein)

  7. Camila permalink
    28 outubro, 2010 1:28 pm

    Como sempre, religião e política se misturando tão naturalmente…em um país laico!
    Isso enquanto uma parcela da população é obrigada a viver com o receio de não poder ir e vir sem sofrer retaliações ou violência física, e por que? Porque Deus não quer! Seria um argumento ridiculamente irracional se não tivesse por trás um jogo político sujo. Os pastores acreditam nisto que defendem? Ótimo, é a vida deles! Serra se utilizar disto para agradar a maioria, a despeito de uma minoria que tem seus direitos privados, esta é a sujeira, pois ele seria um líder decidindo por nossas vidas.

    E não estamos falando sobre gays aqui. A questão é sobre pais, mães, professores, médicos, artistas, políticos, irmãos, gente que paga seus impostos, que declara seu imposto de renda, gente que responde ao censo, que contribui para o impostômetro chegar à casa do trilhão, e ainda temos que nos contentar com um “acordo de relação estável” burocrático e que nos coloca em um patamar abaixo dos heterosexuais.

    Enquanto isso, Silas Malafaia é vitimizado pela idéia de não poder manter os homossexuais longe do pátio de suas igrejas e longe de suas crianças.

    • 28 outubro, 2010 1:50 pm

      Infelizmente parece que é assim mesmo.
      Nem sei mais se a questão é apenas (ou principalmente) de consciência política…

  8. 28 outubro, 2010 2:29 pm

    A “resposta”:
    http://www.serra45.com.br/combataamentira/?p=346


    obs: que eu saiba o site Terra, a Globo, o Estadão e a Veja não são petistas, são?

  9. Cláudia permalink
    28 outubro, 2010 9:44 pm

    Não.

  10. 2 novembro, 2010 5:57 pm

    Tem como encaminhar este email pra mim tb? Tks!

    • 2 novembro, 2010 6:14 pm

      eu vou postar em breve, aí te encaminho.
      seu e-mail é o dos comentários?
      bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: