Skip to content

Flutuando no mar

8 novembro, 2010

Rubem Alves

“Não basta saber ler para ler poesia. Ler poesia é uma arte. Exige que o leitor se coloque numa posição especial de alma. O segredo da poesia está na música da leitura. Mais do que uma arte: é um ato de bruxedo. O leitor invoca um mistério que se encontra nos interstícios das palavras do poeta. Essas palavras estão dentro dele mesmo. O poema faz-me ouvir um poema que está dentro de mim. Esse poema que está dentro de mim é um pedaço de mim.”
 
“Você já experimentou ficar boiando no mar? O corpo todo solto, sem fazer nada, nenhum movimento, subindo e descendo ao sabor das ondas? Pois é assim que se lê poesia: flutuando ao sabor das palavras, sem pressa, em voz alta, poesia é música.”
 
“São falas do coração. Por favor: não tente entender. Música não é para ser entendida. é para ser ouvida. Poesia não é para ser entendida. É para ser lida em voz alta”

3 Comentários leave one →
  1. beh permalink
    8 novembro, 2010 10:10 pm

    Lindo…poesia é vivenciar o momento pleno e intensamente…

    bjsssssss

  2. 9 novembro, 2010 12:51 pm

    =)
    Post’s como este, transformam meu dia.
    É um encontro único entre nós e a poesia e todos os sentimentos que se afloram com a leitura.

  3. 11 novembro, 2010 3:09 am

    “Música da leitura” é uma expressão bem adequada…

    Beijo, Té!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: