Skip to content

Nesse brejo que eu vivo, falta sapa?!

5 novembro, 2012

Como disse no post passado, estou morando numa cidade diferente, e como essas diferenças, pelo menos pra mim, não estão sendo nada sutis,  vi-me novamente numa situação que lembra em alguns aspectos a época dos meus 16 anos e, consequentemente, minha primeira inserção no “meio gay”!

Antes de ter um grupo com qual compartilhar angustias, medos, inseguranças, alegrias, paixões, trocar experiências amorosas, familiares etc., creio que toda lésbica se sente bastante perdida, como se estivesse sozinha num mundo onde apenas ela sente atração por outras mulheres. Felizmente eu não cheguei a esse extremo de novo (rs)!

Depois de um tempinho que assumimos nossa orientação sexual, ou concomitantemente com esse assumir, começamos a formar nosso primeiro circulo de amizade e é dentro dessa rede de contatos múltiplos que construímos um ambiente, em tese, de confiança. Um ambiente no qual podemos descobrir “quem somos”, “do que gostamos” (no tocante a relacionamentos), “o que queremos” etc. É dentro do grupo de amigos também que aprendemos a ter “Gaydar”, ou não, né?! Já ouvi tanta menina dizer que não (re)conheceria uma mulher como lésbica nem se elas fossem pra cama!

Outro dia perguntei pra uma amiga dos velhos tempos: “Você tem alguma ideia de como fazer amizade com lésbicas em uma cidade que não se conhece praticamente ninguém?”; pra minha infelicidade, ela disse que tem o mesmo problema. O fato é que começar do zero é difícil pra muita gente! E, na minha humilde opinião, nem temos mais o bate-papo da Uol pra ajudar, digo isso porque acho, sinceramente, que aquilo lá virou uma zona só!

Às vezes fico matutando sobre o que eu posso fazer pra constituir laços sociais dentro de uma cidade tão fechada e tradicional, onde parece que a simples menção da palavra SEXO pode ser “mal vista”. Pode não parecer, mas eu sou EXTREMAMENTE tímida!

Enfim, depois das reflexões iniciais, a conclusão mais rasteira a que cheguei foi: perca seu medo de falar com as pessoas. Quem sabe não dá certo, certo?! rs

_

Valeu TBMF!

10 Comentários leave one →
  1. 5 novembro, 2012 12:38 am

    MUDANÇA, por si só, já é algo complicado! E quando encontramos ambientes hostis, fica pior ainda!!
    vencer o “medo” e desbravar o novo parece algo surreal, dependendo do nível da timidez!
    mas, por mais tagarela que eu seja, também passo por isso! É difícil entrar em novos ambientes onde parece que ninguém quer novos integrantes!
    Porem, acho que por maior que sejam as barreiras internas que a timidez nos proporciona, o jeito é respirar fundo e “partir para o ataque”!
    vou seguindo o lema de que: “a vida nada mais é do que viver cada coisa que acontece!” (bobo!? tvz! mas funciona!rs)
    mudanças acontecem, por vezes se fazem necessárias, por vezes vc apenas quis mudar… logo, o jeito é se adaptar!! e vamos que vamos! =)

  2. Cláudia permalink
    5 novembro, 2012 1:16 am

    Boas vindas de volta ao blog! \o/

    Infelizmente vencer a timidez é algo dificílimo.
    Pelo que pude perceber esses dias sua “nova cidade”
    não está lhe ajudado em nada! =(
    Espero que em breve as coisas melhorem pra você.

    Beijos, Té!

  3. 5 novembro, 2012 3:48 pm

    que beleza vc ter voltado a escrever!!!
    muitas vezes é foda ter um grupinho de amigas, principalmente quando uma começa a pegar a outra

    • 5 novembro, 2012 3:52 pm

      Entendo. Já vi grupo ser desfeito/dividido pelo fim do namoro de alguém da turma.

      Beijos

  4. beh permalink
    5 novembro, 2012 8:51 pm

    Que legal que voltou! Senti falta de te ler, viu?
    Toda mudança é de alguma forma angustiante, o que não vale é se encolher, neh?! rsrs
    Solta a franga, Té!

    bjs

    • 5 novembro, 2012 10:13 pm

      Nunca me senti tão gay como depois desse “solta a franga”…rs
      Até agora estou gostando de ter “voltado”!

      Amanhã parece que vou sair, quem sabe a franga não se solta, né?!

      Beijos!

  5. Verde permalink
    20 novembro, 2012 2:57 am

    E aí, soltou ou não soltou essa franga? (hahaha)
    Brincadeiras à parte, espero que as coisas estejam melhorando por aí.

    Beijo!

    • 21 novembro, 2012 9:46 pm

      Eu quase achei que estavam, mas agora não tenho certeza disso…rs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: